Steins;Gate ep. 4

O anime está tendo um progresso mais rápido do que eu imaginei que teria. O que por um momento me levou a pensar se a série teria mesmo 26 episódios, mas depois de pensar novamente e lembrar que ainda precisa ser explicada toda a suposta conspiração e o que há por traz de alguns personagens. Quando digo o que há por traz de alguns personagens, me refiro tendo em mente Feyris Nyan-Nyan (lol), que só pela abertura do anime ja da um ar de mistério sobre a personagem.

Nota muito rapida: A personagem a qual me refiro por Kurisu pode ser escrita ou falada Chris, para quem não enteu o por que de Rintarou chama-la de Christina no episódio aqui está a explicação.

SPOILERS

O episódio continua do momento onde Rintarou e Itaru conseguem invadir a rede do CERN e encontram nos e-mails algo que os leva a acredtira que estavam sendo feitas experiencia para criar um mini buraco negro, e que alguém havia morrido. No meio desses e-mails, Itaru encontra um código que era claramente uma linguagem de programação, e após olhar em todos os livros possiveis surta dizendo que era impossivel e que nunca havia visto aquela linguagem. Rintarou cria uma relação daquele código com o código único que Titor disse que o IBM 5100 possuia, e então vai em busca de pistas que o levassem até o computador.

Enquanto está indo até a lavanderia, encontra Kurisu no caminho. Enquanto conversam ela tenta negar que aquilo era impossivel baseada em sua teoria sobre viajens no tempo. Quando Rintarou diz que teorias não passam de palavras e que ela deveria acreditar no que viu ela grita dizendo que não cometeria o mesmo erro de seu pai. Ele então conta o por que queria o computador, e dizendo que aquilo era impossivel, Kurisu vai embora. Eles se separam e Rintarou vai almoçar.

Enquanto está em seu trabalho, Mayuri conversa com Feyris, que diz ter visto um computador velho que custava 5100 yenes ou coisa do tipo. Ela então liga para Rintarou, que sai correndo pagando apenas parte da conta do restaurante (bela brecha, caloteiro..) e sai correndo para o maid café para descobrir o paradeiro do computador. Chegando lá, Feyris está realizando um evento, e diz que só diria o que sabia a Okarin (cansei de chama-lo de Rintarou) se ele participasse. Ele então sobe no palco e diz que usaria a técnica G-Back, e depois que perde, mayuri percebe o trocadilho, “jibaku” ou alto destruição em japones (G-Back pronuncia-se “ji-ba-ku”). Feyris diz que não contaria o paradeiro do computador por ele ter perdido de propósito, mas ele retruca dizendo que a condição dela para contar seria ele ter apenas participado. Ela então diz que a ultima vez que havia visto o tal computador tinha sido no templo de Akihabara.

É passado um quadro onde Kurisu liga para alguém para confirmar se o IBM 5100 podia analizar linguagens especiais e seu contato confirma. Okarin então liga para Ruka, o menino que parecia uma menina e trabalhava no templo, e pede para ele perguntar para o pai se sabia de algo. No caminho para o templo, Kurisu liga e pergunta onde ele estava indo e o encontra no templo. Ruka diz que havia sim um computador, e seu pai diz que dez anos atraz uma pessoa havia doado-o dizendo que um homem viria a sua procura. quando entra no depósito e abrem a caixa era ele mesmo, o IBM 5100 dentro da caixa. O episódio termina com Okarin e Kurisu levando-o para o laboratório.

FIM DOS SPOILERS

Como disse, a estória está progredindo muito bem, mas ainda faltam muitas coisas para a conclusão do anime. E como pode ser visto, há muitos mistérios a serem revelados, como quem doou o computador e como essa pessoa sabia que alguém iria busca-lo, e a paranóia de Okarin, o que me levou a teoria de ele ter sido transportado para uma linha temporal diferente de sua original no começo da série. Estou achando o anime muito inteligente, por mais banal que muita coisa seja.

Advertisements

About Barkk

Ex-redator do blog Yoi Yume
Gallery | This entry was posted in Abril / April 2011, Animes, Ficção Scientifica / SciFi, Resumo / Summary, Seinen, Steins;Gate, Visual Novel Based. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s