C-Money of Soul and Possibility control Ep.6

Antes de mais nada preciso comentar algo: o wordpress me trolla, o windows me trolla e a internet me trolla. Fazem TRÊS MALDITOS DIAS que eu estou tentando colocar isso no ar e cada hora alguma coisa da problema! Hora é a internet que cai, Hora é o caps que nao quer upar, hora é o sistema de texto do wordpress que decide nao escrevrer mais e hoje foi o pc que travava a cada tres imagens que eu upava para o post! serio, isso me estressou ¬¬

Mas finalmente colocando em dia C. Ufa! nem sei como consegui deixar ele tão atrasado e quando vi, ja tava desse jeito. PS: devido a algumas cenas, estou colocando C na categoria violencia tambem…

Vamos lá!

O episodio começa com alguem na tv falando sobre op consumismo humano na sociedade mas que comprar por simples impulso nos tornaria pessoas pecadoras então deveriamos ao menos fazer isso pensando em alguem. Ao mesmo tempo temos a imagem de Satou-san em seu apartamento tomando banho e se arrumando enquanto ouve a entrevista na tv. Logo em seguida, começa Satou narrando alguns fatos sobre o entrevistado: Sou Sennouza, 29 anos. 60 Deals, sendo 59 vitorias e 1 derrota e com um patrimônio acumulado de mais de 9,870,000,000 yens (por volta de $98 milhões de Dolares). Um filantropo que usa o dinheiro que ganha nas Deals para ajudar varias nações pobres e entidades de caridade. Alem disso, ele sera a próxima Deal que Yoga ira enfrentar, o que deixa Satou soltar um “com aquele garoto” em tom de carinho. Pessoalmente, acho que ela também, e não somente Mikuni, tem algum tipo de “cuidado especial” com Yoga, mas vai saber?!

Logo depois da OP temos Yoga numa Deal contra outro oponente aleatório, no qual ganha facilmente. Ele e Msyu ficam conversando sobre como as estrategias e analises entre os dois tem funcionado melhor do que ela esperava e que de começo achava aquilo um saco e nao entendia direito o porque mas que agora esta começando a gostar bastante desse tipo de batalha. Ela pergunta a Yoga se ele esta começando a gostar de Deals, recebendo uma resposta negativa do garoto. Em seguida vemos os dois sentados nos bancos da praça do distrito comendo lamen. Pra variar, msyu se maravilha com a comida e fica mais impressionada e curiosa quando ve Yoga colocando um pouco de pimenta no lamen e tenta experimentar, tendo quase um ataque depois de cheirar o vidrinho. Msyu percebe como Yoga fica encarando ela e pergunta o que foi, enquanto o garoto, percebendo que estava começando a olhar a Asset com outros olhos desvia o assunto.

Nisso aparece no lugar ninguem mais, ninguem menos que Sou Sennouza, o filantropo que estava dando entrevista na tv no começo do episodio. Depois de se apresentar para Yoga que desconhecia ele e olhar curioso para Msyu comendo lamen depois de dar uma mini cantada nela dizendo que seus cifres tinham uma bela curvatura (e deixando a Asset envergonhada), os dois começam a conversar sobre uma proposta: Sennouza quer que Yoga passe a Deal, ou seja, que ele não batalhe. Para isso, é necessário depositar uma certa quantia no banco, equivalente a metade do valor de seu Asset. Yoga fica surpreso com a quantidade mas Sennouza se oferece para pagar, uma vez que para ele, metade do Asset de Yoga é uma quantia pequena. Vendo o garoto surpreso com a proposta, o rapaz muda de local pelo seu cartão (e eu realmente gostaria de saber como eles fazem isso), levando os três para um ambiente diferente. Lá, Sennouza explica que ele faz isso pois, de acordo com ele próprio, por mais que se tente controlar a Deal, nunca pode se prever uma derrota ou o impacto final no mundo real, desse modo seria mais viável apenas passar as Deals. Mas ele admite que ninguém até hoje aceitou a proposta dele, esperando que Yoga fosse o primeiro. Sennouza termina a conversa dizendo que Yoga não precisa responder prontamente mas que gostaria que o garoto pensasse no assunto com seriedade e depois vai embora. Para finalizar, temos uma cena engraçada em que Yoga diz que ele é medonho ao mesmo tempo que Msyu fala que ele é “da hora” e termina com Yoga pensando que ja o viu em algum lugar mas não se lembra.

Em outro momento, logo após a ultima cena de Yoga tentando se lembrar quem era o cara, vemos ele em seu trabalho na loja de conveniência lendo uma revista que tem uma matéria sobre Sennouza, o que pega o garoto de surpresa quando ele percebe quem é seu oponente. Depois disso, enquanto voltava para casa, ele é parado por alguem num carro perguntando se ele era Yoga e que havia acontecido algo serio com sua tia e ele deveria entrar logo no carro. Sem pensar duas vezes, o garoto pula dentro e quando percebe, esta trancado a chave no carro junto com ninguem menos que Saitou, que diz na cara dura que enganou ele só para eles conversarem (eu adoro essa garota!!). Yoga fica assustado a principio e diz não ter dinheiro mas quando descobre que ela é uma Entree tambem e que investiga o distriro financeiro e mikuni em especial, Yoga se sente mais relaxado para conversar. Uma coisa interessante que reparei no começo dessa cena foi que a animação mudou de 2D para 3D, incluindo ai ate Yoga andando na rua e falando com a motorista do carro, como vocês podem comparar vendo as imagens abaixo. Alem disso temos uma tiração de sarro com Satou aqui pois ela enquanto conversa não para de comer hambúrgueres e batatinha, chegando ao cumulo de medir o tamanho dos hambúrgueres e fazer “uni duni te” para escolher qual ela pegava e qual dava para Yoga:

Durante essa conversa, temos duas cenas importantes: Uma é a conversa em si, que ela diz que existem dois tipos de pessoas no distrito – aquelas que são consumidas pelo dinheiro e as que nao são – fazendo mensão de que nem ela, nem mikuni e aparentemente nem yoga são do primeiro grupo. Alem disso ela explica que a ideia da Guild é boa mas não resolve o problema uma vez que se de um lado ganhar as deals por uma diferença minima ajuda a evitar complicações na realidade, por outro mikuni enjetava grandes somas em dinheiro na compra e recuperação de fundos no mundo real para cada derrota, o que fazia o fluxo de Midas ser exorbitante. A outra cena é meio fanservice mas enquanto ela conversa com ele, ela começa a se aproximar do garoto e a se debruçar sobre ele de um jeito bem err, digamos, intimo XD~~, e isso deixa Yoga completamente louco, uma vez que Satou é uma lindissima e maravilhosa garota. Alem disso temos uma pequena perseguição de carro envolvendo eles e um grupo aleatorio. Nessa perseguição, satou deixa seu carro num estacionamento e os dois saem correndo em direção a um elevador no qual ela “chama o taxi” midas, para fujir dos perseguidores no mundo real e ir para o distrito financeiro. Nessa mesma cena temos mais um fanservice leve, com ela e yoga deitados juntos no banco de trás e o garoto entrando em desespero de ver satou em cima dele enquanto os peitos da garota asfixiciavam ele. Muito engraçado, especialmente a cara de Satou que sempre tem esse semblante de alguem avoada e despreucupada, chupando pirulito e falando com voz de criança.

No dia seguinte vemos Yoga indo a um evento de caridade/manifestação que Sennouza estava hosteando para conversar com ele. O rapaz chama Yoga para ir a seu escritório e lá discutem sobre os objetivos da Guild e a influencia do midas no mundo real. Sennouza diz que apesar de ser algo bem em certo sentido, as ações da Guild visam muito o “presente” e suas ações obstruem as possibilidades. Ele diz que o distrito rouba o “futuro” como efeito colateral e Yoga diz que ja viu isso acontecer. Sennouza então leva o garoto a um quarto cheio de desenhos de crianças e explica que cada um é um desenho de alguma criança de algum pais em que ele ajudou enviando remédios e que apesar de serem de países diferentes, todos tem algo em comum: o “futuro”, ou melhor, o futuro daquilo que eles querem para eles, que eles querem se tornar e o que querem de seus respectivos países. Alem disso ele conta que perdeu apenas uma vez e por muito pouco mas derrota é derrota e cada uma leva um futuro, uma possibilidade embora. Quando se deu conta disso, ele começou a perceber que não importa ganhar ou perder uma Deal, já que sempre haverá uma possibilidade de futuro que se apagara com isso, assim, seria interessante então substituir essa possibilidade por outra possibilidade, finalizando que a Guild se importa com o “presente” e não liga para o “futuro” e ele acha que é o contrario.

Depois, já no distrito financeiro, Yoga está conversando com Msyu (que finalmente entendi o cinceito do nome dela: Lee-se Mashu pois o kanji é (Ma-prefixo para justamente, puro, verdadeiro) (shu-vermelho escarlate, cor de magma, vermelho alaranjado, etc.) e Mikuni aparece. Os três discutem sobre Sennouza e sua característica de pedir para deixar passar as Deals. Mikuni diz que ele gostou da ideia do rapaz mas que apenas isso pois esse é o limite que ela pode chegar e explica porque: apesar de dizer que o presente não é importante, essa visão é a visão dos poderosos, daqueles que estão por cima. Na realidade, todo mundo esta batalhando dia a dia, sofrendo a cada minuto para trabalhar, ganhar seu dinheiro e sobreviver e dizer que o presente não importa é uma grande bobagem. Com isso, Mikuni vai embora dizendo a Yoga que ele deveria decidir por qual ideal lutar, ja que ele proprio tinha um caminho e Sennouza outro.

Depois disso temos uma rápida cena de Mikuni na Guild conversando com Q sobre Yoga e sobre o sabor do dinheiro..bizarro mas kawaii do mesmo modo, especialmente porque a Q é uma mistura de Kuudere com Tsurundra (esqueci como escreve lol). Enfim, depois disso passamos para a batalha de Yoga contra Sennouza que, de longe foi a mais foda, mais violenta, mais brutal e mais animal de todas já vista! Como imagens valem mais que mil palavras, vou fazer o resumo da batalha épica em caps com alguns adendos: no começo da luta, Sennouza diz que era uma pena que Yoga recusou o convite e se transfona completamente de pessoa, com intenções assassinas e cruéis. Bem pro fim da batalha, temos um corte de cena que acaba com toda a ação e muda os personagens de lugar, já no futuro após o encerramento da Deal. Alias, não chegamos a ver como acaba essa Deal, mas sabemos que Yoga ganha. Nas cenas finais do episodio, vemos um caminhão de mudança e dois funcionários ajudando Sennouza com caixas de mudança. Yoga pergunta se aquele foi o futuro roubado dele e pede desculpas, no que o rapaz diz que não tem problema, uma vez que se fosse o contrario, ele também se sentiria mal. O que aconteceu foi que por causa da derrota de Sennouza, ele perdeu tudo o que tinha, a empresa grande, o dinheiro e apenas dois funcionários ficaram, alem de que a partir de agora ele diz que precisara sobreviver de doações para ajudar os outros mas ainda sim continuara seguindo o caminho que escolheu. Para terminar, ele entrega um copo de lamen instantâneo para Yoga como presente de despedida (fazendo alusão ao fato de Msyu gostar daquilo) dizendo que aquele era o maximo que ele poderia fazer por enquanto.

Bom, o fim desse episodio me coloca em dia com C novamente e devo dizer, estou alucinado com o desenrolar da historia! Esse episodio foi tenso em varios sentidos, desde o fato de muitas informaçoes e acontecimentos ao mesmo tempo ate a cena de msyu sendo detonada, o que me deixou com uma vontade seria de entrar no pc, ir ate la, e dar umas porradas bem forte no Sennouza por fazer aquilo com minha querida Asset tsundere ¬¬ E não, nao suporto ver garotas sendo desmembradas u.u

No fim, achei que a serie tem progredido a passos largos e cada episodio tem se tornado maravilhoso para mim. A dublagem esta sensacional e pessoalmente, o fato de rumores apontarem essa serie para ter 26 episodios e estar ainda no sexto indica que ela tem alto potencial de se tornar uma serie memoravel em varios sentidos! Vamos esperar e torçer!

OMAKE:

Advertisements

About shoran

Editor, redator, webdesigner, gamer, nerd, ex-otaku e o maior chato que você já conheceu xP -------------------------------------------------------------------- Editor, Writer, webdesigner, gamer, nerd, ex-otaku and the biggest pain in the ass you've ever met!
Gallery | This entry was posted in Ação / Action, Abril / April 2011, Análise / Analysis, Animes, C, Dystopia, Ficção Scientifica / SciFi, Original, Resenha / Review, Seinen, Tragédia / Tragedy, Violencia / Violence. Bookmark the permalink.

2 Responses to C-Money of Soul and Possibility control Ep.6

  1. Barnaby Brooks says:

    Tinha uma expectativa muito alta sobre esse anime, pelo envolvimento da Tatsunoko na produção dele e, mais ainda, por seu assunto totalmente atual e instigante. Me decepcionei um pouco com os dois primeiros episódios, mas vejo que agora está realmente melhorando. A história está ficando mais coesa, os personagens me parecem melhor construídos, enfim, já é quase o anime que eu esperava. É um dos animes que eu passo a semana ansioso para ver, assim como Tiger & Bunny (óbvio).

    • shoran says:

      Realmente ele começou confuso mas acho que isso se deveu a quantidade de termos e coisas a se explicar no inicio. Agora que tudo esta colocado nos eixos e a principal parte é a historia, acho que ele tem muitas chances de se tornar um anime cult nos proximos anos, assim como lain se tornou um dia e é até hoje.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s