Hanasaku Iroha ep. 11

Antes de qualquer coisa, peço desculpas por um dado errado. Hanasaku Iroha terá 26 episódios e não doze como eu havia visto no começo da temporada e até então achei que seriam.

Para a minha surpresa, o episódio foi muito diferente do que achei que fosse ser. Achei que ia ser algo do tipo a mãe de Ohana ter voltado da lua de mel e ter mandado ela voltar para Tokyo mas ela queria ficar no Kissuiso e ai daria o maior barraco.O que acontece é que Ohana vê a crítica na revista de turismo sobre as pousadas da cidade e fica enfurecida, indo então até Tokyo para descobrir quem havia sido o responsável para tirar satisfação.

Spoilers

O episódio começa com Ohana, Nako e Minko na frente de uma banca com a revista de turismo em mãos, e Ohana, com medo de abri-la, passa-a para Minko, que abre e pergunta o que fariam. Ohana vê cinco estrelas e fica feliz, mas Nako a corrige dizendo que eram cinco de dez estrelas. Quando chegam no Kissuiso, Tomoe Le a matéria, que fala que a pousada é retro demais e o pratos servidos não impressionam em nenhum aspecto, o que gerou certa revolta nos funcionários. Sui manda todos voltarem ao trabalho. No dia seguinte, os donos das pousadas locais fazem uma reunião, pois todos haviam recebido notas baixas, levando-os então a levantar a hipótese de reduzir os preços. Sui diz que não deveriam fazer aquilo e era a qualidade que importava, apesar dela ter sido criticada na matéria.

Ohana, que estava tentando espiar a reunião, é surpreendida por Yuina, que diz que um grande hotel iria ser construído nas redondezas. Durante a conversa, Ohana decide fazer algumas coisa, mas ao conversar com Sui e pedir férias de uma semana para tentar resolver o problema da revista ela diz que não, que seria inútil e que a impressão era pra ser dada por outras pessoas, e não por ela. No dia seguinte, o pessoal do Kissuiso encontra um bilhete deixado por Ohana dizendo que estava indo para Tokyo encontrar o responsável pela matéria, e enquanto isso, eles começam a receber ligações cancelando estadias.

Ohana, dizendo repetidas vezes que iria proteger o issuiso, vai até a editora da revista procurar quem tinha escrito a matéria. Um funcionário que a atende diz que havia sido uma redatora e que não podia dar informações. Ohana fica fula e começa a falar um monte, até que o homem desiste e lhe dá o cartão da editora que para sua surpresa… Na tarde daquele mesmo dia, Ohana encontra sua mãe, que até então não havia dado mais nenhum sinal de vida na série e muito menos disse que havia voltado da lua de mel, sendo que na série havia passado-se 6 meses desde que Ohana foi para Yunosagi morar com sua avó. Quando encontra com sua mãe, que vem abraçando-a e pergunta por que Ohana estava com cara de quem não parecia estar feliz. Ohana pergunta a ela quem estaria feliz após ter sido traído por um membro da própria família.

Elas vão almoçar e Satsuki diz que terminou com seu namorado logo após voltarem da lua de mel, e disse que o seu trabalho era muito mais divertido. Ohana sem voltando a focar o assunto pergunta como ela pode falar tão mal de sua própria casa sem ter ao menos visitado para saber como eram as coisas. Ela então disse que um superior mandou que ela o fizesse, então escreveu aquilo apenas seguindo ordens. Ohana fica super nervosa e começa a falar que  sua mãe ela nunca discutia nada com ela e começa a falar de fatos passados que ela havia dado mancada e nem pediu desculpas. Satsuki diz que aquele era o trabalho dela e que Ohana foi criada as custas dele. Ela então diz que ainda não tinha desistido e sai do restaurante.

Ohana compra materiais para fazer cartazes sabendo que sua mãe era um inimigo forte, enquanto isso, manda uma mensagem para Ko para saber como ele estava. No prédio da editora, um funcionário chama Satsuki e pergunta se a pessoa do outro lado da rua fazendo protestos contra ela era sua filha. Ela diz que sim e que não precisava se importar com aquilo. Ko responde a mensagem de Ohana dizendo que estaria no trabalho em uma loja em Ikebukuro, que era perto de onde ela estava.

Ohana vai até a loja com a desculpa que estava procurando um dicionário com palavras mais difíceis para protestar. Enquanto procura livros, ela escuta uma menina chamando Ko pelo primeiro nome, Koichi, perguntando onde devia colocar umas caixas, enquanto conversam, um funcionário passa e diz para eles pararem de flertarem no meio do trabalho. Quando Ohana escuta aquilo ela derruba uma pilha de livros e tenta esconder o rosto, mas Ko acaba reconhecendo-a, mas ela vai embora após ver que a menina estava atraz dele segurando em seu braço. Ela então volta para a frente da editora e coloca um jornal na cabeça pois estava começando a chover. Satsuki então passa e entrega para ela uma sacola com comida e vai embora.

Após receber a sacola de comida, Ohana vê Ko ofegante do outro lado da rua. Eles vão até uma lanchonete e perguntam um ao outro como estava o trabalho, seguido de um longo momento de silencio. Durante esse período, Ohana começa a pensar as mais diversas perguntas que poderia fazer a ele, entre elas qual era a relação dele com a menina da loja e se ele ainda gostava dela. Quando ela está pensando na segunda opção, ele vira para ela e fica encarando-a. Ela fica encabulada e vai pegar mais suco. Quando ela volta, ele ri da combinação de coca com chá que ela havia feito, aliviando a tensão. Ela pergunta a quanto tempo ele estava lá, ele responde que a uns dois meses e que se dava bem com os funcionários pela maioria ser de uma idade próxima. Ela então comenta dizendo que aquela menina era bonita e que ela parecia gostar dele. Ele fica inexpressivo e responde que sim. Ohana pergunta se ela havia falado e ele responde que sim, mas que não tinha dado uma resposta. Ela então fica pensando em quando foi embora de Tokyo e quando os dois estão saindo, ela sai correndo na chuva e diz que estava tudo bem.

Enquanto andava no meio da chuva, um carro com dois homens para do lado de Ohana, então perguntam se ela não queria uma carona. Ela sai correndo enquanto os dois dizem que ela iria pegar um resfriado. Enquanto corre, sua sacola arrebenta e ela para, mas quando olha para trás, vê um carro indo em sua direção e buzinando. Ela então corre a toda e grita o nome de Ko pedindo ajuda quando uma voz familiar grita o seu nome. Quando escuta seu nome, ela escorrega e bate a cabeça num poste. O carro para, então Minko e Tooru descem e vão até ela perguntando por que ela estava lá. Ela abraça Minko e começa a chorar, terminando o episódio dizendo que nunca havia acontecido tanta coisa em um único dia de sua vida.

Fim dos Sopilers

Alguns posts atraz eu disse que não sabia para onde a estória iria se Iroha tivesse 26 episódios. Bem, eu ainda não sei  xD. com este arco que Ohana volta para Tokyo achei que o anime ja estivesse caminhando para um final definitivo, já que ela estaria encontrando com sua mãe, mas aparentemente, ainda tem muito chão pela frente. Fico feliz com isso, que assim como muitos animes dessa temporada, Hanasaku Iroha está apresentando uma qualidade acima da média em relação as últimas temporadas.

Advertisements

About Barkk

Ex-redator do blog Yoi Yume
Gallery | This entry was posted in Abril / April 2011, Animes, Drama, Hanasaku Iroha, Original, Resumo / Summary, Romance, Seinen, Slice of Life. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s