Steins;Gate ep.14

Sinceramente asse foi um dos melhores episódios até agora. Steins;Gate está sendo um anime daquele que o episódio termina num piscar de olhos e no final você se pergunta “mas já??”. Com os últimos acontecimentos o andamento da série mudou drasticamente, dando uma sensação agonizante de saber que a existência está conspirando para que Mayuri morra não importa o que aconteça. Esse episódio em particular me lembrou de algumas muitas séries, e não sei, talvez por ser um dos meus favoritos ou por eu ter uma memória de peixe e ele ser recente, mas agora que estou escrevendo o único que estou conseguindo relacionar com esses eventos é “Madoka”.

Spoilers

Depois de Mayuri morrer atropelada pelo trem, Okarin usa o” time leap” inúmeras outras vezes mas em nenhuma delas consegue salvá-la, chegando a entrar em desespero a ponto de começar a negar a existência das conspirações que ele tanto falava. O episódio com ele começando a ficar louco e num ato de desespero expulsando Kurisu e Daru do laboratório, mandando-os para casa. Ele então manda uma mensagem para Moeka dizendo que tinha noticias sobre a máquina do tempo. Ele a encontra chegando por traz apontando uma arma de brinquedo e dizendo para ela não se mover. Ela termina a mensagem que estava escrevendo e envia. Ele pega a arma que ela estava escondendo, aponta e começa a fazer perguntas.

Ela responde palavras jogadas, começando por “part time” e “arc rewrite”. Ele diz que sabia que ela e seu grupo tentariam seqüestrá-los e diz que sabia pois havia vindo do futuro. Ele pergunta se ela trabalhava para o SERN e ela responde que seu objetivo era recuperar o IBN5100. Ele diz que ela havia roubado-o  usando o D-mail e ela diz que não sabia de nada, fazendo ele se tocar que aquilo haiva acontecido em outra linha temporal. Ele pergunta por que ela estava fazendo aquilo e ela diz que eles tinham três motivos: primeiro, ele havia aprendido algo que não deveria; segundo, ele criou uma máquina do tempo; terceiro, ele queria anunciar sua invenção ao público. Ele pergunta se o SERN sabia e ela diz que suas ordens vinham do FB, e antes que pudesse continuar, ele é nocauteado.

Quando acorda, Okarin está dentro de um carro com um homem apontando uma arma para sua cabeça e Moeka pergunta se ele era John Titor. Ele responde que não e um homem diz que a ameaça de bomba havia paralisado todos os trens e que o plano estava indo conforme o planejado. Moeka sai do carro e diz para capturarem Makise Kurisu e Hashida Itaru e que mais ninguém era necessário, deixando Okarin e um homem armado no carro. Ele começa a pedir desculpas dizendo que nunca quis expor o SERN, dizendo que daria a máquina para eles e que havia feito aquilo tudo por curiosidade e começa a implorar para deixarem Mayuri viva. Ele foge e corre para o laboratório, mas quando chega já era tarde demais. Ele então corre até a máquina e usa o “time leap”.

Depois de voltar no tempo, ele fica louco e sua “Soul Gem” começa a ficar turva e ele vira um Witch… o-o anime errado  xD

Vendo que não tinha jeito, ele já sem mais esperanças ameaça quebrar a máquina e Kurisu diz que não precisava quebrar a máquina, já que eles haviam decidido não usá-la. Ele então sai correndo e vai até o templo de Ruka vendo os mesmos acontecimentos se repetindo. Quando chega no templo, ele surta e começa a dizer tudo que Ruka ia dizer, como que Mayuri havia acabado de sair de lá e que ela ia na casa de uma amiga cosplayer.

Desolado e sem esperanças ele fica parado em uma passarela da cidade com o celular na mão vendo as horas passarem e encontra Kurisu, chamando-a pelo primeiro nome e causando uma certa surpresa. Ela pergunta o que estava acontecendo e se corrige, perguntando o que iria acontecer, percebendo que ele havia usado a máquina. Ele começa a se lamentar sobre tudo o que estava acontecendo e a dizer que não deveria ter nem começado com aquilo tudo. Depois de se acalmar, Kurisu o chama de idiota e diz que não sabia se a máquina era segura e que ele poderia acabar apagando sua própria existência. Ele menciona uma frase e ela diz que iria dizer aquilo, recebendo como resposta que dele que ele havia ouvido aquela mesma frase dela antes. Ela diz que a causa das mortes de Mayuri poderiam ser inúmeras, mas que ela queria ajudá-lo e que ela era uma amiga preciosa, perguntando então o que ele, Sr. Cientista Maluco faria com relação ao seu “mudar o mundo”, em seguida imitando-o. (depois dessa cena ela vai pra minha lista de personagens que eu gosto)

Eles voltam para o laboratório e durante a festinha ela monta um plano, dizendo que mandaria ele de volta no exato momento em que terminariam a máquina, que deveria mandar todos embora e dizer tudo que eles haviam conversado para ela e dizer que era do futuro, pois provavelmente ela acreditaria. Ela diz que por via das dúvidas ela criaria um código, que seria o que ela estava pensando, que era o seu próprio garfo e que ela já possuía sua colher. Ela então prepara para enviá-lo depois de seu necessário momento tsundere e fala meio triste que cinco horas antes daquilo ela não lembraria dele tê-la chamado de Kurisu.

Voltando ao momento no qual Mayuri terminou seu cosplay e Kurisu a máquina do tempo, ele diz que não fariam o experimento, e para justificar ter dito aquilo do nada, ele diz que todos estavam cansados e que falariam sobre aquilo depois. Okarin encontra Kurisu no restaurante que costumava comer e diz que não sabia que ela era uma freqüentadora. Ela reclama por ele mandado todos embora para depois enviar-lhe uma mensagem dizendo que queria conversar. Ele diz que era de cinco horas no futuro e ela diz que aquilo era a coisa mais estúpida que já havia escutado. Ele começa a reclamar dizendo que não era aquela a reação que ela havia dito que ele teria e começa a reproduzir a conversa que tiveram enquanto ela dizia que aquilo era ridículo e ilógico. Okarin diz em sua cabeça que estava com vontade de socá-la e então lembra do código, dizendo que ela estava pensando em seu próprio garfo. Ela fica surpresa e depois que ele completa com a colher ela xinga ela mesma cinco horas no futuro. Ela fica surpresa e acaba acreditando.

Eles voltam para o laboratório e fazem um esquema dos acontecimentos e começam a pensar no que poderia causar a morte de Mayuri mesmo os Rounders (grupo de Moeka) não aparecendo, concluindo que a causa de sua morte pode ter sido seu próprio nascimento. Ela levanta a hipótese de que aquilo tudo poderia ser a causa, e ele, se precipitando, é cortado por Kurisu, que diz que era arriscado criar conclusões precipitadas, nisso, Suzuha entra na sala e diz que ela estava certa. Ela diz que não construir a máquina não era exatamente uma solução, e que para poder mudar o mundo ele teria que alcançar a linha temporal beta e cruzar a barreira da divergencia de 1%.

Num prédio de Akihabara ela continua explicando que o numero de divergência indicava a localização da linha temporal, e que a única coisa que indicava aquele número era o medidor de convergência, que ela mostra para eles. Okarin comenta que quem criou aquilo tinha bom gosto e ela diz que havia sido o “ele” do futuro. Ela diz que ele era a única pessoa com o poder de mudar de linha temporal e manter as memórias passadas, e que ele havia desenvolvido aquilo para se localizar quando realizasse essas mudanças. Ela compara as linhas temporais com um corda que ela tira da mochila, dizendo que as linhas eram paralelas, nunca se tocavam mas iam sempre para o mesmo lugar, levando Kurisu a concluir que todas levavam para uma onde Mayuri morria. Ela diz que se por acaso aquela linha principal alpha mudasse para um beta provavelmente Mayuri não morreria, mas aquilo poderia desencadear uma outra série de eventos.

Suzuha então joga duas cordas para cima e diz para eles subires, mas percebendo que eles não poderiam ela sobre sozinha, demonstrando habilidade, o que faz com que Kurisu pergunte quem ela realmente era e recebendo um elogio de Okarin, dizendo que ela era uma profissional de algum tipo. Ela abre uma porta do prédio e diz que o resultado das linhas alpha e beta eram completamente diferentes e que não era possível alterá-las mesmo usando o D-mail ou o “time leap”. Ela diz que devido ao grande número de eventos dos últimos anos foi criado um ponto de convergência gigante começando no ano 1990, e que em 2010 se criou a máquina do tempo. Ela entra na sala onde estava o satélite caído e diz que nessa separação era possível mudar de linha e Kurisu impede qualquer pergunta de Okarin e pergunta quem ela realmente era. Suzuha abre uma escotilha no satélite e diz que aquela era a verdadeira máquina do tempo, que ela havia vindo de 2036 e que ela era o viajante do tempo John Titor.

Fim dos Spoilers

Estou ficando cada vez mais e mais empolgado a medida que os episódios se passam. Se acontecer como Madoka, que falo sem medo que o progresso da série foi tornando cada semana melhor que a anterior, ficarei mais do que satisfeito com Steins;Gate, não só por ter sido um dos melhores animes da última temporada, que para mim só perdeu para “Ano Hana”,  “Gosick”, que apesar de ter começado em janeiro trouxe de volta a vida um tipo de anime que não se via com tamanha qualidade a algum tempo, e ficou empatado com “Tiger and Bunny” e  “Hanasaku Iroha”, que de acordo com o Shoran, eu trato como se fosse minha filha.

Advertisements

About Barkk

Ex-redator do blog Yoi Yume
Gallery | This entry was posted in 2011, Abril / April 2011, Animes, Ficção Scientifica / SciFi, Resumo / Summary, Seinen, Steins;Gate, Visual Novel Based. Bookmark the permalink.

2 Responses to Steins;Gate ep.14

  1. shoran says:

    e nao trata? explica ai pro pessoal o que voce me disse quando mencionei que teve sim fanservice em iroha e VOCE NAO COLOCOU! como era mesmo? “fanservice no meu iroha? NUNCA!” lol

    • Barkk says:

      ei… eu não sou vc pra falar assim xDDDD
      só disse que aquilo pra mim não se aplica como fanservice xD

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s