Kamisama Dolls ep.01

Sabe aquele começo repentino com eventos passados e bem tensos e que sugerem que a série terá uma desenvolvimento parecido? “Kamisama Dolls” teve exatamente esse tipo de começo, mostrando momentos da infância dos personagens onde aparentemente eles despertaram uma besta que ia começar a destruir tudo e o personagem principal conseguiu salvar a todos, ou pelo menos impedir que o pior acontecesse. A idéia por traz da série é um vilarejo remoto que é fachada para uma organização secreta que comanda grupos de pessoas e possuem armas secretas, que são bonecos ditos deuses, que são controlados por integrantes dessa organização.

Procurei como o manga foi classificado e acabei encontrado que a série foi classificada como ação e sobrenatural, não sendo terror, o que acabou aliviando um pouco o que achei que fosse se tornar. Por outro lado, apesar de não ser terror, a série possui elementos sanguinolentos, que puderam ser vistos antes da metade do episódio, e por esse motivo o classificarei como violência, que na verdade seria algo como “gore”. Outra coisa que notei de leve foi a personagem “meio” peituda demais que por um momento me lembrou “Bleach”, cujo esse é um quesito de uma boa parte das personagens xD.

Spoilers

O episódio começa com Kuga Kyohei, o personagem principal, e mais dois amigos, sendo um deles Kuga Aki, o antagonista da estória, e a outra ainda não sei ao certo quem é, quando ainda eram crianças correndo de uma caverna enquanto uma criatura que atirava raios laser despertava. Não dando muito detalhes sobre a luta, o boneco branco da introdução do anime vai do céu e começa a lutar com a criatura, chegando um momento que para proteger as crianças entra na frente de um disparo e acaba praticamente destruído. A criatura estava prestes a matar Kyohei e seus amigos, quando do chão, o boneco branco atira um raio verde que destrói a criatura e incendeia a montanha.

Depois da abertura, que na minha opinião está ótima, nos encontramos no presente na cidade de Tokyo, onde Kyohei já é adulto e está encontrando colegas da faculdade em um bar. Ele começa a beber com os amigos e nota na outra mesa Shiba Hibino, uma garota popular que veio de seu mesmo vilarejo e que sua família auxiliou-lhe em sua vinda para a capital. Os amigos falam que ninguém teve chances com ela e então falam que era a vez dele de levar um fora. No momento que ela vai para o banheiro ele a espera na porta, numa tentativa de chamá-la para sair, a amiga de Hibino completamente bêbada agarra Kyouhei por traz e pergunta o que eles estavam fazendo, em seguida começando a vomitar. Depois da falha épica, apesar de não ter sido sua culpa, ele começa a beber e soltar a franga (é… não “esse” soltar a franga xD).

Num breve momento, mostra Kyouhei quando decidiu deixar a vila e seu pai diz que talvez aquilo seria o melhor, já que ele havia renunciado seus direitos de Seki (aparentemente quem controla os bonecos), e que seria melhor ele conhecer o mundo. Kyouhei diz que não era por aquele motivo que ele queria sair de lá, mas para poder esquecer seu passado naquele lugar. Nisso, uma menina com roupas parecidas com de uma sacerdotisa corre atrás dele e o chama de irmão enquanto ele ia embora.

Kyouhei acorda deitado no colo de Hibino e ela diz que ele havia desmaiado de tanto beber, e que ela ficou com ele para não deixá-lo sozinho, e que aquilo tornava aquela a segunda vez que aquilo acontecia, pois quando ele se mudou para a capital ela e sua família deram uma festa de boas vindas, e que a mesma coisa aconteceu pois seu pai ficou insistindo para que ele bebesse. Eles então decidem ir para onde seus colegas haviam ido, e quando abrem a porta do elevador, vêem um homem morto mutilado dentro do elevador com uma espada no chão. Depois do ocorrido eles são chamados pela policia para comparecer à delegacia no dia seguinte. Ele diz que a levaria até a estação de metro enquanto eram observados por alguém.

Chegando na estação, Kyouhei diz que estava surpresa por causa do ocorrido e diz que ele era bem corajoso de não ter ficado mal. Ele nega ter ficado calmo mas diz em sua mente que aquela não havia sido a primeira vez que via aquilo. Ele se despede numa meio que tentativa de tentar chamá-la para sair de novo. Enquanto andava pelo corredor do metro, as luzes começam a se apagar e uma boneca roxa aparece, mas quando ele olha para traz, estava tudo normal e iluminado. Kyouhei então sai correndo até seu apartamento, e quando entra no elevador começa a escutar uma música, que digo que no mínimo achei macabra, e um circulo verde se forma no chão, saindo de dentro então o boneco branco, que ele chama de Kukuri.

Kyouhei não fica espantado com a aparição do boneco e conclui que ele estar ali só poderia significar uma coisa, chegando então no andar e o boneco sai, batendo na parte superior da porta e fazendo um rombo. Ele sai do elevador perguntando se ela ainda não havia aprendido a controlá-lo, encontrando então sua irmã mais nova, Kuga Utao. Ela fica no apartamento e faz uma cara de emburrada quando seu irmão lhe oferece uma caneca de chocolate quente. Ela começa a se concentrar para tentar pegar a caneca usando Kukuri, mas acaba destruindo a caneca.

Kyouhei começa a fazer perguntas mas Utao não responde nenhuma. Apenas depois dele perguntar o que ela estava fazendo lá com o segredo mais secreto de sua vila. Ela então diz que Aki havia escapado, causando espanto no irmão e mostrando imagens de um garoto ensangüentado e várias pessoas despedaçadas e concluindo que havia sido ele o responsável pelo ocorrido no karaoke. Ela diz que um novato havia dado uma brecha e ele conseguiu escapar de seu confinamento. Kyouhei pergunta se ele havia escapado por sua causa e alguém pergunta “Por minha causa?” enquanto uma musica parecida com a de Kukuri começa a tocar enquanto a cor do ambiente muda e um boneco roxo entra pela janela e coloca duas foices em torno do pescoço do rapaz.

Aki entra pela janela e pergunta como Kyouhei havia saído da vila sem ele e que estava decepcionado por terem mandado uma pirralha para capturá-lo. Utao diz para ele deixar o irmão em paz, segurando a lamina do boneco com Kukuri. Ele da um tranco e joga ela sobre o irmão, que tenta reagir sem conseguir nada, Aki então diz que era aquilo que acontecia quando substituíam quem deveria ser o verdadeiro Seki. Kyouhei se coloca entre os dois e fala para eles pararem, quando alguém vai até a porta reclamar do barulho e Aki ameaça matar a pessoa, e por isso, Kyouhei diz que pararia com o barulho e que estava tudo bem.

Aki diz que ele havia virado uma pessoa chata, e Utao diz para ele não falar mal de seu irmão, começando a atacá-lo. O inimigo a arremessa e o irmão pula entre ela e a parede para amortecer o impacto, e os dois discutem, um falando que ela era apenas uma criança e o outro que isso não importava e que ela era uma Seki, dizendo que ela precisava de mais treino e a jogando pela janela. Kyouhei pega Aki pelo colarinho e pergunta se ele estava louco, e ele responde que quem estava louco eram o vilarejo. Em seguida, Utao aparece na janela voando com Kukuri e atira um raio verder no apartamento.

No dia seguinte, Hibino e seu pai vão buscar Kyouhei e Utao e dizem que o templo havia pedido para que ele ficasse de olho nos dois, mostrando dois homens levando Aki embora ensacado e dizendo que sua irmã havia recebido permissão para ficar lá mais tempo, fazendo o garoto perceber que mesmo estando longe, continuava sendo um escravo. Na casa da família Shiba, Hibino pergunta o que eram aquelas ordens e o que estava acontecendo. O pai da menina diz que havia um segredo guardado desde a antiguidade e pede para Utao mostrar Kukuri, que é invocado sob a menina, que pergunta o que era aquilo e recebendo como resposta que aquilo era um deus.

No quarto que iriam dividir, as duas conversam e Hibino diz que Utao não deveria fazer aquele tipo de brincadeira e que havia a assustado, mas a menina diz que não queria que ele aparecesse lá. O episódio termina com Hibino dando boas vindas a Kyouhei e mostrando o caminhão onde Aki estava sendo transportado destruído com marcas de cortes.

Fim dos Sopilers

Gostei da arte do anime, mostrando uma animação muito boa e ao mesmo tempo uma animação muito boa e um traçado e expressivo mas não exatamente fofinho, no caso de Utao que faz diversas caretas, e mostrando um elemento imouto moe (“Tsubasa wa Nai” lol). Tenho expectativas quanto a série por ela ter passado a idéia de que será um anime sério com ação e talvez romance, pois esse era uma das categorias que o manga estava marcado, e ao mesmo tempo doses moderadas de humor. Nota que o que deixa as coisas ainda mais tensas é o fantoche da prévia que não lembrou nem um pouco o maldito pseudo gato de “Madoka”.

Advertisements

About Barkk

Ex-redator do blog Yoi Yume
Gallery | This entry was posted in 1º Impression / Impressão, 2011, Ação / Action, Animes, Julho/July 2011, Kamisama Dolls, Manga Based, Resumo / Summary, Romance, Seinen, Sobrenatural / Supernatural, Starting / Começando, Violencia / Violence. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s